domingo, 30 de novembro de 2008

55 kms e uns carzins

Já há algum tempo que não escrevia aqui. O tempo tem sido pouco!

Depois da semana passada ter passado por frio a dar com pau, esta semana foi quase igual. Ao menos não tinha vento. Falo claro de Cycling que faz bem ao coração! Faz bem ao coração mas os meus pulmões hoje gritavam com o ar frio a entrar à 9 da manhã. São coisas da vida.

Hoje foi apenas 55 kms. Interessante que faço mais por semana de bike do que faço de carro. Estarei doente? Pois bem me parecia...

Faltam 4 semanas para o Natal. Pelo menos o frio já chegou. Agora falta o Pai Natal e uns carzins. Queres é uns carzins! E o que é isso de carzins?

Isso meus amigos é dialecto!

Carzins é uma forma reduzida, alterada e semi comida de cálicezinhos. Pois era incómodo dizer essa palavra tão grande e vai daí foi-se reduzindo. Acresce ainda o facto de muitas vezes ser dita por pessoas com algum nível. Nível de alcoolémia entenda-se.

Mas adiante que o Domingo promete! Com ou sem carzins...



Abraço



.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A Estrela e o Baile

6-2

Foi assim que ficou o Brasil - Portugal. Um jogo particular, mas nem a feijões se quer perder, quanto mais por meia dúzia...

Eu confesso que não vi o jogo. Mas pelo que reza a crítica Portugal esteve no seu melhor. Já não vou falar do que foi feito e não devia. Dos golos tolos que levaram. Dos jogadores fora da sua posição... Não.

O Baile foi completo! Há uma atenuante: ir ao Brasil, em pleno Verão com tanta Brazuca linda, é normal que o pessoal não jogue nada. Mas adiante.

Estrelas houve algumas. Mas haviam 2 em destaque: Kaká e Ronaldo. Num nem de propósito frente a frente. Neste caso Ronaldo = 0.

Confesso também que não sou grande fã de Cristiano Ronaldo e confesso pensar também que não fosse ele estar no Manchester e talvez fosse um grande flop.

CR7 é fogo de vista. Sejamos sinceros! No Manchester United joga e marca, mas o futebol é outro. Se estivesse em Itália ou Espanha faria muito menos. O futebol inglês dá espectáculo e deixa jogar. Noutros campeonatos não é bem assim.
Depois basta ver o que tem feito na selecção. No último europeu fez 0! Ah marcou um golo...Ou seja quase 0. Depois da época que fez no M. United? Pois o futebol é diferente...

Considerá-lo o melhor jogador do mundo para mim é injusto. É um dos melhores. Mas ao pé de um Messi? Faz jus a um Zidane ou a um Nedved? Nada disso. É bom mas para mim não é claramente o melhor. Quem tiver dúvidas veja os jogos da Selecção.

E para mim não tem classe. Depois de tudo o que se passou no Verão, no sai não sai para o Real Madrid demonstrou não ter respeito por um emblema que o acarinhou e levou ao colo, que sofreu as birras do menino nos primeiros dois anos no clube.

Quando se é assim com este carácter, não se pode ser o melhor. Não basta sê-lo. Há que parecê-lo também.



P.S. Tenho quase a certeza de que CR irá ser nomeado melhor do mundo.



Abraço



.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

E fez-se Luz

Ainda não se fez mas vai-se fazer.

Logo mais é hora da Bertinha inaugurar a iluminação de Natal em Ponta Delgada. Desde a Rua de Lisboa até à Av. D. João III vai haver luz, enfeites e afins. Começa a ser uma iniciativa importante principalmente para revitalizar a Baixa e o seu comércio. O PA veio "matar" muita gente e um novo Centro Comercial como se sabe que irá nascer talvez dê a estocada final no Comércio dito Tradicional.

A sociedade de hoje pensa diferente. Não quer muita chatice. Quer tudo pelo comodismo. Ora só de pensar em estacionar na Baixa tá quieto! Para pagar ainda por cima?! E o PA está aberto até às 23H. Muitas lojas na baixa fecham cedo. Mas talvez mudem (algumas) nesta quadra.

Eu por mim não ligo muito a isso. Não sou homem de compras. Aliás detesto mesmo.
O fenómeno consumista não pegou muito comigo. Eu compro sim. Mas quando compro é caro. Daí que compre pouco!

Talvez vá ver acender a luz! Afinal o melhor da festa é esperar por ela. E esta está a mais de um mês de distância...


Abraço



.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Pobre Ministra neste País das Maravilhas!

Incompreendida! É assim que a Ministra da Educação, desculpem, Sra. Ministra da Educação se deve sentir.
Ela tanto tem feito em prol do progresso da nossa educação e é com ovos podres que lhe pagam? E sujam aquele BMW de alta cilindrada quase novinho em folha? Isso não se admite!!

A não ser em países do 3º mundo, em que cada vez mais vejo incluído o nosso...

A educação, apesar de ser a paixão do Guterres, sempre foi um problema português. E continua a ser. Mudam-se os ministros e é sempre a mesma treta. Culpam-se tudo e todos mas no fim a educação portuguesa é das que mais dinheiro gasta per capita e a que menos aproveitamento tem. Talvez fosse bom parar para pensar. Algo está muito mal nesse país em que se cultiva cada vez mais o laxismo disfarçado de dificuldade, em que se baixa o nível de exigência para se ter a estatística que queremos.

Aí há uns dias li um artigo no Wall Street Journal (sim leio estas coisas chiques...) sobre a Finlândia que tinha o seguinte título: "Why are Finnish kids so smart?"

Para quem não leu deixo aqui um excerto. Se acharem interessante mandem o meu blog à ministra. Pode ser o início de um novo estado de coisas.

Ah e já me esquecia: o texto está em inglês...

High-school students here rarely get more than a half-hour of homework a night. They have no school uniforms, no honor societies, no valedictorians, no tardy bells and no classes for the gifted. There is little standardized testing, few parents agonize over college and kids don't start school until age 7.

Yet by one international measure, Finnish teenagers are among the smartest in the world. They earned some of the top scores by 15-year-old students who were tested in 57 countries. American teens finished among the world's C students even as U.S. educators piled on more homework, standards and rules. Finnish youth, like their U.S. counterparts, also waste hours online. They dye their hair, love sarcasm and listen to rap and heavy metal. But by ninth grade they're way ahead in math, science and reading -- on track to keeping Finns among the world's most productive workers.


Finland's students are the brightest in the world, according to an international test. Teachers say extra playtime is one reason for the students' success. WSJ's Ellen Gamerman reports.
The Finns won attention with their performances in triennial tests sponsored by the Organization for Economic Cooperation and Development, a group funded by 30 countries that monitors social and economic trends. In the most recent test, which focused on science, Finland's students placed first in science and near the top in math and reading, according to results released late last year. An unofficial tally of Finland's combined scores puts it in first place overall, says Andreas Schleicher, who directs the OECD's test, known as the Programme for International Student Assessment, or PISA. The U.S. placed in the middle of the pack in math and science; its reading scores were tossed because of a glitch. About 400,000 students around the world answered multiple-choice questions and essays on the test that measured critical thinking and the application of knowledge. A typical subject: Discuss the artistic value of graffiti.

The academic prowess of Finland's students has lured educators from more than 50 countries in recent years to learn the country's secret, including an official from the U.S. Department of Education. What they find is simple but not easy: well-trained teachers and responsible children. Early on, kids do a lot without adults hovering. And teachers create lessons to fit their students. "We don't have oil or other riches. Knowledge is the thing Finnish people have," says Hannele Frantsi, a school principal.

Visitors and teacher trainees can peek at how it's done from a viewing balcony perched over a classroom at the Norssi School in Jyväskylä, a city in central Finland. What they see is a relaxed, back-to-basics approach. The school, which is a model campus, has no sports teams, marching bands or prom.


Fanny Salo in class

Trailing 15-year-old Fanny Salo at Norssi gives a glimpse of the no-frills curriculum. Fanny is a bubbly ninth-grader who loves "Gossip Girl" books, the TV show "Desperate Housewives" and digging through the clothing racks at H&M stores with her friends.

Fanny earns straight A's, and with no gifted classes she sometimes doodles in her journal while waiting for others to catch up. She often helps lagging classmates. "It's fun to have time to relax a little in the middle of class," Fanny says. Finnish educators believe they get better overall results by concentrating on weaker students rather than by pushing gifted students ahead of everyone else. The idea is that bright students can help average ones without harming their own progress.

At lunch, Fanny and her friends leave campus to buy salmiakki, a salty licorice. They return for physics, where class starts when everyone quiets down. Teachers and students address each other by first names. About the only classroom rules are no cellphones, no iPods and no hats.










Abraço




.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Um dia de S. Martinho, sem as castanhas...

"Que fim de semana da cheta!" - Pensava eu logo de manhã.

Mais uma segunda feira se havia iniciado e eu, tal como muita gente por esse mundo fora, primeiro que ligue os motores de manhã ainda leva umas horas.

Faço a mesma rotina cedo na matina e hoje não fugi à regra. Olho para o relógio que impiedosamente marcava 06:23 da manhã. Preparo as coisas para ir trabalhar e faço o pequeno-almoço.

Não está frio mas depois penso: "É o Verão de S. Martinho"! Vejo as notícias de manhã e prevê-se mau tempo nos próximos dias. Lá se vai o Verão!

06:52 saio de casa. Abstraio-me de tudo o que me rodeia, e rodeado de escuridão vou ouvindo "From Yesterday - 30 Seconds to Mars", um bom tónico para acordar!

07:00 começa a rotina semanal. A Segunda custa sempre um pouco mais, à Terça e Quarta o rendimento é bom. À Quinta cheira a fim de semana e à Sexta a bateria está em baixo - venha o fim de semana.

Penso no fim de semana passado. Bolas o meu Galatasary levou 4-1 e logo do Fenerbahçe! Ah mas vi também o Barça! Que jogador o Messi! Foram mais 6...

Nas conversas de trabalho, vão se diluindo as memórias de um fim de semana. Esquece-se tudo. Concentrámo-nos no que fazemos e assim chegamos mais depressa ao fim do dia. Onde eu "as a king in my castle" vou acabar para começar de novo umas horas depois...


Abraço




.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

A Quadratura, a ensinar e o Benfica

Não sou cinéfilo. Não confundir com cinófilo que é outra coisa! Mas cinéfilo de cinema não sou muito. Um filme leva tempo demais para que os meus neurónios fiquem quietos! Gosto de ver alguns filmes discretos mas nada de Titanic ou coisa parecida.

Então se for para ver filmes na TVI esqueçam. No entanto gosto de ver outras coisas. E a Quadratura do Círculo (na SIC Notícias) é uma delas. A tríade Pacheco Pereira, António Costa e António Lobo Xavier, trazem-me uma lufada de ar fresco por forma a tentar continuar lúcido, no meio de tanta novela e reality shows.

Mas enfim neste caso a tv espelha o país que somos. Se é isso que queremos é o que temos. E a TVI nisso é muito solícita pois dá o que o povo quer e por isso lidera há muito tempo as audiências. O pior é que a TVI ensina as outras estações privadas e vai tudo para o mesmo saco.

Por falar em ensinar, eu ainda me lembro do tempo em que as professoras perguntavam a tabuada com a régua na mão. Chiça que era bem grossa a régua e dava bolos! Se calhar era por saber o peso dela que aprendia e rápido!

Se fosse hoje faziam-se, se o pobre do aluno (sim daqueles com gel na cabeça, brinco nas trombas e telelé na mão...) tinha dificuldades (ou seja era burro, e não queria nada no castanho...), uns dois ou três planos de recuperação por forma a que o aluno não seja excluído (já) da sociedade.

Pobres professores! Se calhar têm razão na sua greve que será amanhã sábado. Não sou professor nem nada parecido, mas cada vez mais se vê que é uma carreira que não é valorizada pela sociedade e não tem o retorno que dela se espera. Mas não concordo com esta greve numa coisa: não devia ser no sábado! Devia ser uma semana inteira! A Ministra talvez visse as coisas de maneira diferente...

Diferente foi também a noite de ontem. É verdade que jogaram os 2 clubes del cuore e se por um lado esperava mais do Benfica (0-2), por outro fiquei contente com a grande vitória do Galatasary cimbom'bom lar! Galatasaray é líder e o Benfica se perder na próxima com o Olympiakos pode dizer adeus à Taça UEFA...


E o fim se semana está à porta. A ver vamos como corre!



Abraço



.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

História

Pois hoje escreve-se história!

Hoje os americanos vão a votos para escolher o seu Presidente. Obama ou Mc Cain?

Todas as sondagens dizem ser Obama o próximo presidente mas basta recordar o último escrutínio e ver como foi Bush reeleito para não se ter a certeza de nada.

Os indecisos andavam à volta dos 10%, que é uma margem grande e acresce ainda o facto de o eleitorado mais pró-Obama ser mais jovem e por consequência tradicionalmente mais abstencionista.

Fico na expectativa. Eu por mim quando vejo as 2 equipas, vejo 2 vice-presidentes que deixam muito a desejar. A Sarah Pallin então nem pensar. Penso que foi aí que Mc Cain perdeu (se perder...).

Venha quem vier, Sócrates estará de braços abertos para o receber!

Por cá agora na moda está a nacionalização do BPN. Começou por ser uma questão financeira e transformou-se numa questão política. Miguel Cadilhe apontou o dedo ao Banco de Portugal por falta de supervisão e claro que os PS todos lhe caíram em cima. Mais triste quando se vem a saber hoje que desde Março que o BP sabia das irregularidades e nada fez e que a provável razão para não deixar "cair" o banco era porque este tinha uma participação significativa do estado.

É o país real. Real dos Reis! E eles que cada vez estão mais perto! Agora temos S. Martinho e depois temos mijinhas e bolinhos, com prendas à mistura!

É o Natal no seu melhor!


Abraços


.