quinta-feira, 20 de agosto de 2009

E o pirata sou eu?

Era uma célebre frase de Nicolau Breyner, nos tempos áureos do ShowNico.

Piratas, em boa verdade, existem cada vez mais. Antes eram apenas os da Idade das Descobertas. Houve até países que engrandeceram à custa da Pirataria nessa altura.

Hoje em dia há meia dúzia de piratas ali para os lados da Somália mas esses são pouco significativos. Em número entenda-se.

O grosso da pirataria que nos rodeia nos dias de hoje tem a haver com a informática.

Piratas informáticos existem a dar com pau! E com o boom da internet mais fácil se torna ser pirata. Quem não tirou aquele filme ou o último RTS da EA Games?

Acompanhei o surgimento da net, em Portugal, desde o seu início. Ainda sou do tempo em que tinha internet "debitada" por um velhinho modem da US Robotics a uns míseros 14.400 bps. Passou para 33.600 (um luxo para alguns!), passou para RDIS (para quem podia) e só mais tarde com o salto para a tecnologia ADSL se começou a massificar.

Não sou a favor da pirataria. Os fins raramente justificam os meios. Mas também não a condeno.
Quem a faz tem, num mundo livre, a opção de o fazer. E de arcar com as consequências.
Aliás é essa a parte que me fascinou desde sempre na Internet. É um pau de 2 bicos.
É livre! E isso hoje em dia é coisa rara.
Daí que condene a tentativa de limitar ou bloquear conteúdos na World Wide Web. O traffic shaping constante, o bloqueio de IPs, em suma o Web Big Brother!

A Internet revela-se cada vez mais poderosa. Para o bem e para o mal. Nasceu livre e assim deve continuar sob pena de perdermos o único espaço em que somos nós os senhores do nosso destino...

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Eles estão todos cá fora...

Entrar numa prova de DHU com uma rígida tem o seu quê de insanidade. Ou talvez não.

Lá diz o povo: Malucos? Eles estão todos cá fora...



Red Bull dá-te asas...

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Entre a ilusão e a desilusão

Assisti ontem ao Ponta Delgada "Downtown".

Confesso que fiquei a meio caminho entre o gostar e o ficar desiludido. Talvez esperasse mais da organização, dos atletas e público.

Da organização faltam arestas a limar. Considero normal porque é o segundo (e último?) "Downtown" que organizam. Os atrasos, enganos e imprevistos acontecem mas vi Directores Desportivos chateados e isso não é geralmente bom sinal.
Havia uma grande equipa de Staff é certo mas penso que têm de organizar mais provas para adquirirem hábitos e rotinas. A experiência nesse casos é fundamental.

De qualquer forma dou os meus parabéns porque conseguiram trazer um cheirinho do que se faz noutras paragens. Reuniram uma quantidade grande de apoios e isso não é nada fácil, ainda mais numa região pequena como a nossa.

Dos atletas esperava mais sem dúvida. Dos açoreanos! Pouca adesão não engrandece o evento. Antes pelo contrário torna-o marginal.


Saltos houve muitos. Mas nada de extraordinário ( a não ser o André Arruda a saltar de rígida...). Não me levem a mal mas descer escadas e pular rampas não me impressionam por aí além.


Diria que depois de acompanhar o DH que se pratica por esta terra, me tornei praticamente imune...

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

E depois queixam-se...

Não há dia em que uma novela com estes barcos não aconteça!

Primeiro vinha não vinha barco. Depois lá se amanhou um mas metia água. Mandou-se consertar e quase no fim do Verão chega ao arquipélago.

Na primeira viagem feita não havia maneira de sair a bem as viaturas. A não ser se fossem todo o terreno...

Hoje de manhã o barco sai uma hora mais cedo sem avisar os passageiros! Então mas isto não acaba?
Recusaram o Atlântida por ser lento. Este pelos visto é bem rápido. Não se atrasa. Antecipa-se!

E nós feitos parvos a olhar...

Metem-se nos cargos pessoas incompetentes e depois queixam-se...

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Para nunca nos esquecermos...

Há 64 anos um B-29 lançava aquela que viria a ser a 1ª bomba atómica usada em combate.

A "Little Boy" provocou a morte a 140.000 pessoas (sem contar com os efeitos da radiação) e arrasou um raio de 3.2 km de Hiroshima.

3 dias depois seria lançada a 2ª bomba neste caso sobre Nagasaki.

Depois do ataque cobarde a Pearl Harbour, os EUA retaliaram contra o Império do Sol Nascente, culminando no lançamento das 2 bombas atómicas.

Perante tal cenário destruidor o Japão acabou por se render dias mais tarde...

Para não nos esquecermos do que o Homem é capaz...

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Dam'Tam

O fim de semana já esteve mais longe e com ele chega um evento aguardado com alguma expectativa: O Ponta Delgada Downtown.

Apesar de alguns "problemas" no ano passado, na sua 1ª edição, este ano penso que estará uns furos acima.

Não sei se apareço para ver ou se vou para uma fresca para os lados das Sete Cidades, no entanto se puderem não deixem de aparecer.

Como dizia o outro: "É sucesso (espectáculo) garantido!



P.S. Dou os meus parabéns a quem põe de pé uma iniciativa como esta. Em 2 anos apenas atingiu grande dimensão. Basta ver o número de patrocinadores!

sábado, 1 de agosto de 2009

Rewind

Disponível para venda. Pode ser impresso até 1,20 m por 0,5 m...

Deve ficar bom numa parede LOL



Se alguém estiver interessado em fotos da época que acabou também estou disponível para vender.

I think i'm getting greedy :) LOL