quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Antes rir do que chorar...

Para onde quer que me volte só dá vontade de chorar (e emigrar...).

Justiça, política, desporto, novelas da TVI enfim tudo. Passei por aqui e esbocei um sorriso.

Por isto:


Autor desconhecido

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A outra face da moeda

Diz-se que há por aí uma tal de "Face Oculta". Acho piada ao facto da justiça atribuir nomes de código aos processos, desde o Apito Dourado, terminando invariavelmente com um sem número de montanhas que no fim nem rato pariram.
Os nomes de código parecem querer dar mais fôlego a uma justiça que, perdoem-me a franqueza, já está morta.
O "Face Oculta" é neste momento o que abre o telejornais. É o que está in. Daqui a dias virá outro porque, para um país pequeno, o que não nos faltam são histórias.

O que nos falta mesmo é justiça. É ver os culpados na choça. É não ver sistematicamente os Freeports, os Maddies, os Apitos, as Casas Pias serem arquivados, com a culpa a morrer solteira.

Para um português comum, num estado de direito, não posso ficar impávido quando se acusa e arrasta pela lama o nome de alguém para depois se vir provar que afinal nada se passara assim.

A Justiça por natureza é cega. No nosso país é cega, surda e muda e perdeu a balança enquanto procurava a espada que lhe haviam roubado...