terça-feira, 24 de agosto de 2010

Diz que é uma espécie de Verão...

Esse Verão tem sido assim. Diz que é uma espécie de Verão. Frio não é mas céu limpinho e lagartos a torrar nas praias nem vê-los!

Dizem que o clima está a mudar. Ah está? E está a mudar para onde?

As normais climatológicas têm 30 anos por alguma razão e a razão é que o clima tem uma variação considerada tipo nestes 30 anos. Essa mudança não tem a haver com o Ozono, com os pinguins em acasalamento nem com as derrotas do Benfica. Como costumo dizer: "se não sabem, não inventem"!

Para quem está de férias (não é o meu caso), reconheço a frustração, mas também digo que fazer férias cá dentro não é muito o meu género. Aliás a malta fica é farta de ver sempre a mesma coisa!

Para isso façam como eu: não tirem férias! :(

Não stressa nem faz gastar dinheiro nesta crise que é grande.

domingo, 30 de maio de 2010

A Taça ANIMA - Calções 2010

Hoje foi dia da primeira prova da Taça ANIMA de Estrada.



O circuito, realizado na marginal de Ponta Delgada, prometia ser, à semelhança do ano anterior, um circuito do agrado de muita gente.





Depois da prova de BTT seguiu-se a prova principal. As 20 voltas ao traçado confirmaram, para quem dúvidas tinha, que o vencedor só podia ser de uma equipa. A questão restava em qual. Depois de várias tentativas de fuga, anuladas pelo pelotão, uma escapada de Nuno Silva, primeiro com Rui Dias do Santa Clara e depois a solo, levou o atleta da Sportzone à vitória.





Nada de anormal. Penso até que anormal seria a Sportzone não fazer todos os pódios desta Taça Anima. Isso sim seria inesperado.
De resto nada a assinalar na última prova que acompanho como fotógrafo.

A não ser um problema de calções. Aí digo que esta taça corre o sério risco de ser a Taça dos Calções... Isso e algumas bocas trocadas entre atletas deixam algo a desejar em relação ao que se espera desta competição este ano, e em nada dignificam o ciclismo...


segunda-feira, 24 de maio de 2010

A despedida


Depois de um dia de Domingo virado para o DH, eis que na Segunda Feira da Autonomia (vulgo pombinha) é dia de XC.

A verdade é que hoje foi dia de despedida ou de despedidas. A Taça Zon Açores de XC 2010 despediu-se no bonito circuito da Batalha.Longe do que foi a Batalha parte I, com muita lama e muita dificuldade, este circuito estava bastante melhor e convidava a esticar nas descidas, embora fossem de grau de dificuldade elevado.


Deu um pouco para tudo mas à geral foi um mano-a-mano que se eternizou volta a volta e só terminou na meta.


Muito boa disposição presente, característica de final de época.


E no final há que dar os Parabéns aos vencedores. Não são nem nunca foram uma dream team. São uma equipa.


sexta-feira, 21 de maio de 2010

Vivendo num país em implosão

No meu vocabulário não há adjectivos (nem palavrões) que descrevam aquilo que o comum dos portugueses sente por estes dias.

Na moda está um pouco de tudo e tudo é permitido para se desviar a atenção dos reais problemas deste país. Aliás se desde 1143 com o saudoso D. Afonso vivemos em crise, então muito provavelmente fomos congenitamente abençoados com ela.

Por mais que se faça e se peça apertos de cinto, chega a um ponto tal que não há pachorra para aturar tanta incompetência. E muito menos há pachorra para a constante expiatorização (essa foi inventada agora mesmo), de quem tenta sempre e sempre sacudir a água do capote.

Sou da opinião que todos os políticos também deveriam ter um cognome. Aliás ficava tão bem quando eram os reis, não vejo porque razão se deva deixar este costume com os nossos políticos.

Para o nosso PM poderia ser tipo Sócrates - O Tangas. Não lhe ficaria mal e além disso ele próprio veio dizer que agora já pode dançar o tango a 2... Mas adiante.

Mais uma vez foi-nos pedido sacrifício. Por esta altura já devo ter o meu lugar no céu e uma 20 ou 30 virgens pelos sacrifícios que fiz até agora. Para este sacrifício "derradeiro" sobe IVA, IRS e tudo o resto. Mas os gays já podem casar. Pelo que percebi do que disse o Presidente Aníbal o facto do casamento gay já ser permitido é positivo para a economia! É como o Benfica. O facto de ser campeão dá um impulso à economia.

Todos os dias ligo a televisão em busca da Eurosport e o que vejo nos outros canais é a novela TVI (aquela da PT e que a principal testemunha não quer falar), José Sócrates a inventar em espanholês ou então o Ferrari e os gatos persas do Miguel Veloso. Haja paciência.

O nosso mal é sermos de brandos costumes. O nosso mal é vermos a incompetência grassar por todo o lado e assobiarmos para o lado. O nosso mal passa por nos queixarmos dos políticos que nos representam, mas depois manter como líder preferido nas sondagens um PM que mentiu e outra coisa não faz senão atirar poeira para os olhos.

A sorte é que isto não vai mudar. Faz parte do fado português. Resta-nos esperar pela implosão.

Até lá despreocupemo-nos com o essencial e concentremo-nos no acessório. E durante pelo menos 2 meses assinemos um pacto de não agressão. De qualquer forma ninguém vai querer saber. Agora seremos bombardeados com o Mundial e com a sua patética selecção portuguesa...

domingo, 25 de abril de 2010

Chá verde no dia da Liberdade

Hojé é 25 de Abril. Celebra-se o Dia da Liberdade. Na verdade é mais um feriado. Principalmente numa geração, como a minha, que desde sempre se habituou à ideia de democracia e liberdade como dado adquirido.

Não fosse hoje Domingo e o 25 de Abril ainda passa mais despercebido.

Hoje foi também o dia do chá. Não que exista um dia mundial ou coisa parecida, mas cá pela terra temos o bom hábito de anualmente realizar uma prova de cross country única: no meio do chá.

A Gorreana hoje vestiu-se de gala, foi delimitada com fitas e os "leões" foram arrumados. Tudo conjugado para uma prova, tal como o seu traçado, singular.

Devo dizer que foi impossível não vibrar com as lutas e os pares que se foram formando ao longo da prova, nos diversos escalões.




São Pedro não esteve novamente pelos ajustes e embora a chuva tenha sido pouca o vento inimigo nº1 esteve bem presente. Na descida alguns se esticaram bem e vi algumas manobras mais perigosas...



Cenário como sempre fantástico,


Muita luta em todos os escalões,






Veteranos com uma última volta imprópria para cardíacos! A prova começou com o mesmo par que centrou as atenções na última volta.


Juntos no drop, juntos no chá, mas havia uma terceira companhia inesperada... um furo.

São azares que acontecem mas fica na retina o bater de pé a um David Morais que está num momento alto de forma, que tem brilhado noutras terras e que por aqui continua a brilhar também.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

XC Batalha

Enquanto vou petiscando uma fatia de massa sovada com arroz doce, vou percorrendo visualmente imagens da prova de XC que ontem decorreu na Batalha.

A prova da Batalha costuma ser mesmo isso: uma batalha. Quanto mais não seja interior. Ano após ano a famigerada descida da prova costuma ser conversa por alguns dias (por vezes dolorosos) entre os atletas e afins.

Eu diria que este ano não. Pelo menos para mim não. O que em termos organizativos se montou ontem, é uma prova de XC que poderia ser do campeonato nacional, uma amostra de XC puro e muito duro, que se começa a levar muito a sério pelas nossas bandas.



A descida que todos temiam foi ultrapassada. A descida passou à categoria "peanuts" quando comparada com o global em si. O objectivo de muitos passava por chegar ao fim e os que o fizeram, apesar do frio, das dores e do cansaço fizeram-no de uma forma quase eufórica como se de uma vitória pessoal se tratasse.


À partida os suspeitos do costume, com David Morais a ser o favorito. Liderou da primeira à última volta. Demonstra-nos que está muito forte e que já tem o título no bolso.


Destaco a prova de 3 atletas que me ficaram na retina: António Jorge. Grande prova! Descia como poucos e foi o segundo melhor da sua classe. Traído no final pela sua táctica.

Nuno Melo (Melinho) fez das suas também. Não sei a sua classificação à geral mas o facto é que deixou muitos prós atrás.


Nos femininos mérito para a atleta da Sportzone que nas zonas técnicas deu bigodes a alguns homens. Muito boa prova também.


No final muita lama, alguma dor e o sentimento do dever cumprido.


Da minha parte também...

segunda-feira, 22 de março de 2010

O fim de semana foi-se...

Um Domingo bem passado passa necessariamente por partilhá-lo com amigos. Este Domingo foi assim.

Manhã cedo e o rumo era a freguesia das Sete Cidades, onde iria decorrer a 2ª prova de XC da Taça ZON Açores.

O circuito à volta do parque de campismo apresentava uma subida para duros e uma descida bastante rápida. Num final de subida em que só as árvores se mantinham em pé, por vezes nem a avozinha permitia subir montado. Já a descida era o inverso proporcionando algumas malhetas para quem a levasse ao limite. Que o diga o Antero Luís e a sua clavícula...

Tive pena de não ficar até ao fim mas do que vi gostei. Muito bons andamentos num circuito em nada era semelhante ao de 2009.

A caravana do ciclismo já tem presença por onde passa e isso é de enaltecer.

O resto do dia ainda dei um pulinho ao Operário-Ac. Viseu. O tempo não deu para mais.

Para a semana espera-se pelo arranque da época de DH. Não sei se vou aparecer. Estes horários parecem-me cada vez mais proibitivos tendo ainda em conta que existem sempre atrasos (normais) por parte da organização. No entanto se der não vou perder, até porque espera-se uma época bastante mais interessante este ano, com o regresso de alguns DHs da velha guarda.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Domingo: Pinhal da Paz!

Fevereiro é um mês pouco interessante. Tirando o Carnaval, para quem gosta, o resto não tem piada nenhuma. A não ser que nos confrontemos com as "estórias" do nosso Primeiro Ministro.

Que vivíamos num pântano político, já eu sabia mas que certas coisas me fazem impressão, fazem.

Independemente de ser verdade tudo o que se diz ou não, há muito que outro primeiro ministro qualquer não teria condições de governabilidade.
Aí há uns meses disse que este país se iria tornar ingovernável nesta legislatura. Embora pelas razões erradas, o tempo veio-me dar razão. É uma questão de tempo até este governo cair. Mas adiante!

Esta semana as atenções voltaram-se para outra coisa: o arranque da época de ciclismo em S. Miguel.

Afinam-se os últimos detalhes para que a época 2010 seja uma grande época de ciclismo. Domingo abrem-se as hostilidades no já tradicional Pinhal da Paz. A expectativa é muita e vou estar por lá, quanto mais não seja pelo convívio!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Vai uma aposta?

A internet permite cada vez mais a qualquer pessoa, em qualquer parte do mundo, a integração com o mundo real. Desde o homebanking até à informação em real time, os benefícios da www são claramente superiores aos seus contras.

O meu gosto pelo futebol já vem de há muitos anos. Até aí nada de especial. Daí até passar para o mundo das apostas online vai um pequeno passo. A net permitiu também que as apostas se tornassem quase universais. E hoje aposta-se sobre (quase) tudo.

Mas voltemos ao futebol. Não sendo propriamente o Rui Tovar do futebol, devo dizer que tenho uma memória de elefante para muitos e muitos jogos de futebol que quando era mais novo assisti.

Hoje tenho uma vantagem: posso apostar sobre eles.

Não aposto como colegas meus fazem: apostar com o coração. Fazer punting é perder dinheiro na certa. Aposto com base em estatísticas e probabilidades. Aposto a favor ou contra um evento. Ou com a probabilidade dele acontecer.

Nesse caso aposto em futebol. Aí está a razão pela qual acompanho muitos jogos.

Ás vezes começo com a Eredivisie (Holanda) ou com a Bundesliga (Alemanha) e termino com a Liga espanhola. O trading pode demorar 10 minutos ou 1 hora e meia.

No meu sistema é condição essencial acompanhar o jogo ao vivo e perder algumas horas a ver futebol, pregado ao site da Betfair.

E este fim de semana? Vai uma aposta?

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Janeiro fora!

Ando mesmo preguiçoso! Para escrever neste blogue ao menos...

Janeiro é por tradição um mês parado. Costuma ter pouco interesse a vários níveis e para mim serve para recarregar baterias. Para traçar rumos e estratégias para o ano que agora começa.

Mas em Janeiro também tem coisas boas.

Hoje é dia de Amigas! É um "feriado" exclusivo dos Açores. A amizade que se celebra nas 4 semanas que antecedem o Carnaval é motivo para não ficar em casa. Eu não celebro as amigas entenda-se. Celebro os amigos! Que cada vez são mais raros e valiosos. Muitos estão longe mas ao menos neste dia estão por perto. Quanto mais não seja em espírito...

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Para reflectir...

Portugal está à beira do abismo e, da forma como é dirigido, prepara-se para dar um passo em frente.